sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Ações indiretas para valorização da marca

Sempre se soube que uma marca é um conjunto de eventos que vão ocorrendo ao longo da vida da empresa e que fornecem uma promessa ao comprador.

A ação mais comum se refere à comunicação tradicional, por meio de comerciais ou anúncios. Por exemplo, o último comercial da Ford com a Débora Secco e o Anderson Silva. Veja abaixo.

No entanto, algumas ações mais específicas são mais eficientes ao longo de um tempo.

É o caso da Ford Europa, que adotou em sua linha de produção um microscópio de escaneamento eletrônico capaz de aumentar uma peça em até 200.000 vezes. A precisão é absoluta e permitirá qualidade ao nível nano nas peças da montadora. Fotos, respectivamente, de buracos em um alumínio, uma mancha de óleo e um parafuso.

Ações como esta não são propositadamente dirigidas à marca, mas trazem um benefício duradouro a ela, no longo prazo.

































video

2 comentários:

  1. Acredito na eficácia da ação indireta, mas particularmente, lembro e me atraio mais pelas propagandas diretas e de impacto.

    ResponderExcluir
  2. É verdade, principalmente a lembrança da propaganda. No entanto, acredito que ações indiretas, quando realizadas de acordo com a identidade que se deseja, seja mais eficiente. No longo prazo, ela é menos suscetível aos esforços da concorrência.

    ResponderExcluir