sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Marcas que sobem ao pódio

A Amazon está posicionando a marca Kindle Fire, do seu tablet, de maneira bastante curiosa. Veja filme abaixo.

Há um segmento de consumidores que, impedido de comprar o iPad, bem mais caro e com funcionalidade superior, se contenta com o ‘genérico’.

Christensen denominou este fenômeno de inovação disruptiva, aquela oferta que não tem todas as características do líder de mercado, mas que atende (bem) a uma parcela significativa desse segmento, para quem o preço do líder é alto demais.

O autor argumenta que o insurgente (Amazon) tende a obter maiores vantagens do que o incumbente (Apple, líder), porque está “subindo” enquanto o outro, “descendo”.

Mais uma daquelas ações mercadológicas que somente o tempo confirmará. O Playbook (da RIM) não conseguiu.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário